Buscar

WORKAWAY: o que é e como funciona o intercâmbio?

Atualizado: Jun 22

Eu sempre sonhei em viajar o mundo, fazer intercâmbio, conhecer novos lugares, novas culturas, aprender uma nova língua... mas sempre aparecia algum problema no caminho, seja falta de dinheiro ou uma segunda língua, enfim, sempre deixei meu sonho para depois.

Até descobrir que mesmo sem um inglês ótimo, ou muito dinheiro, eu poderia viajar o mundo trocando trabalho por hospedagem!


Quando encontrei o site Workaway não consegui acreditar que havia uma solução para o tipo de viagem que eu adorava. Uma opção em que você mora de graça na cidade que sempre sonhou em conhecer, tem a oportunidade de viver como um local e aproveitar todas as experiências que tanto sonhou em troca de algumas horinhas de trabalho voluntário!


O que é Workaway?

É uma plataforma de trabalho voluntário no exterior ou no Brasil com o intuito de promover um intercâmbio cultural justo, bem como oportunidades de voluntariado e trabalho. Com o objetivo de conectar pessoas que buscam cultura, viajantes com orçamento limitado e estudantes de idiomas á famílias, indivíduos ou organizações que procuram ajuda com uma variedade de atividades variadas e interessantes. Excelente opção para quem quer aprimorar o segundo ou terceiro idioma. O Workaway tem mais de 40.000 anfitriões em cerca de 170 países espalhados pelo mundo.






Vantagens para os viajantes:

O viajante oferece as suas habilidades em troca de hospedagem e comida, ou seja, você irá morar de graça no destino dos seus sonhos. No site há uma lista enorme de opções para trabalhar em hostel, albergues, comunidade, ONG's, fazenda, embarcações, projeto sustentável, casa de família, pequenos negócios, entre outros.

Com isso você poderá economizar 100% dos seus gastos em hospedagem e comida, pois a maioria dos anfitriões oferecem café da manhã, almoço e jantar.

Vantagens para os anfitriões:

Anfitrião é alguém que quer conhecer pessoas e aprender novas culturas, além de precisar de ajuda extra. Oferece um ambiente cordial e hospitaleiro para os visitantes. Anfitriões que gestionem algum estabelecimento (ou que solicitem ajuda com uma atividade comercial) devem disponibilizar acomodação e pagar uma remuneração equivalente ao salário mínimo de seu país pelas horas trabalhadas. Em troca eles podem esperar receber novos amigos do mundo todo que têm interesse em ajudar e aprender sobre novos modos de vida.





Como funciona a Workaway?

Ao contrário de muitas empresas que cobram horrores para "organizar" um intercâmbio ou trabalho voluntário, o Workaway acredita que as pessoas são perfeitamente capazes de organizar sua própria estadia e organizar seu próprio seguro e transporte, não apenas dando a flexibilidade de que precisam, mas também economizando MUITO, visto que as empresas que oferecem esses serviços no Brasil cobram no mínimo 10 mil reais pelo serviço de organizar e achar um trabalho voluntário para você, meio paradoxal não é?!


Para participar do programa de trabalho voluntário, há uma pequena taxa, mas é uma vez por ano e vale muito a pena. Existem duas opções: ingressar como um viajante individual ou em casal (significa apenas dois viajantes juntos) e a taxa custa 39 euros individual a 49 euros para casal por uma associação de um ano.

Depois de pagar a taxa, você poderá configurar seu perfil detalhando suas idéias de viagem, quem você é, como entrar em contato com você, etc.


Você não precisa pagar mais nada para os anfitriões ou para o site depois dessa taxa, a partir deste momento, sua estadia e alimentação já estão a salvo. Agora o próximo passo é pensar no orçamento de sua viagem pois o Workaway não paga passagens e nem ajuda com vistos e etc.



Posso viajar pra fora do Brasil com a Workaway?

Sim, no site do Workaway tem oportunidades no mundo todo, mais de 40 mil anfitriões registrados. Mas entenda que a plataforma é apenas para conectar o viajante e o anfitrião.

O Workaway não se responsabiliza pelas passagens, vistos, transporte. Aqui no blog temos uma página inteira destinada a descontos e cupons que podem te ajudar com as passagens e outros gastos da viagem, você pode acessar clicando neste link.





Quais tipos de vagas eu encontro na Workaway?

No site do Workaway você encontra inúmeras vagas de trabalho voluntário para todos os tipos de habilidades, desde ajuda com redes sociais, fotografia e até trabalhos com maior esforço físico em fazendas em projetos sustentáveis, colheitas. Também há opções de trabalho que oferecem pagamento além da hospedagem e comida, fiz uma lista com todas as opções do site:

  • Jardinagem

  • Construção

  • Cuidar de bebê / criança

  • Companhia para idosos

  • Cozinhar / compras

  • Manutenção geral

  • Fazenda

  • Ajuda em projetos ambientais

  • Ajuda nas tarefas domésticas

  • Cuidar de animais

  • Ajudar turistas

  • Trabalho beneficente

  • Praticar idiomas

  • Projetos artísticos

  • Ajuda com computadores / internet

  • Ensino





Preciso ter experiência profissional usar a Workaway?

Não! Você pode nunca ter trabalhado na vida, o importante é ter vontade de aprender e compartilhar as habilidades que você já possui. Sem contar que a lista oferecida pelo site do Workaway é imensa, com certeza você tem experiência e habilidade em alguma delas, mesmo que não seja profissional, talvez essa seja sua chance de trabalhar com o que você sempre sonhou. Raramente os anfitriões perguntarão sobre experiências profissionais, o Workaway vai além disso, os anfitriões estão dispostos a ajudar e ensinar a forma de trabalho que eles necessitam.



Existem pré-requisitos para usar o Workaway?

A única coisa que o Workaway exige é ter no mínimo 18 anos. Em quase todos os países a idade mínima permitida para o trabalho voluntário é de 18 anos. Menores de idade acompanhados de seus pais também são aceitos em alguns projetos com família.



Até quantos anos eu posso voluntariar no Workaway?

Não existe idade máxima! O céu é o limite para o Workaway, que conta com milhões de viajantes de todas as idades. Na realidade, muitos anfitriões preferem voluntários mais experientes que têm habilidades específicas.





Como devo fazer o meu perfil no Workaway?

Você precisa fazer um perfil preferencialmente em inglês mostrando quem você é, quais são suas habilidades, experiências, se fala alguma língua, tipo de serviço que você gostaria de oferecer, coloque fotos e vídeos. O seu perfil é a sua carta de apresentação para os anfitriões, então pense bem no que vai escrever pois é isso que vai fazer você se destacar dentre os outros viajantes na hora de se aplicar.




"A distância entre os sonhos e a realidade é chamada de ação!"



Como eu devo encontrar um bom anfitrião?

Primeiro você precisa decidir o seu destino, e assim que começar as pesquisas no site verá que cada destino possui uma infinidade de opções de trabalhos e exigências.

Comece a procurar o anfitrião com 1 a 3 meses de antecedência de sua viagem, pesquise direitinho no site todas as opções de trabalho, verifique a quantidade de horas que o anfitrião exige para o trabalho, entre em contato com vários anfitriões e veja todas as opções que se enquadram para você.

Definitivamente, vale a pena conversar com seus anfitriões o máximo possível antes da sua viagem, se possível faça ligações por vídeo. Isso ajuda você a construir um relacionamento e se conhecerem, além de permitir que você faça mais perguntas sobre a área e o tipo de trabalho que você deverá realizar. Antes de entrar em contato com qualquer host, você deve ler o perfil do Workaway com muito cuidado. Muitas vezes, você obtém indicadores do tipo de pessoas que são simplesmente da maneira como expressaram seu perfil. Muitos anfitriões terão resenhas de outros viajantes na parte inferior da página e isso lhe dará uma boa visão de sua personalidade e estilo de host.


Quantas horas vou ter que trabalhar?

Em todos os perfis dos anfitriões tem as respectivas cargas horárias, a maioria dos trabalhos voluntários fica entre 4 a 5 horas por dia por 5 dias na semana, claro que você pode encontrar os que exigem mais e os que exigem menos. E tudo isso você também pode combinar com o anfitrião pois se você fizer o trabalho mais rápido terá mais horas livres, muitos anfitriões gostam de combinar os horários antes da sua chegada, e isso é ótimo para não ter surpresas.


Como será minha acomodação?

Isso também depende do anfitrião, muitas vezes já está descrito no perfil e contém fotos. Você pode ter um quarto particular ou compartilhado, pode até ter seu próprio apartamento, um trailer ou pode ter que trazer uma barraca. Nós ficamos em uma casa de família em Oxford e dividimos um quarto, e tínhamos outro anfitrião na Romênia que nos ofereceu um apartamento inteiro, mas agora com o Coronavírus não pudemos ir.


O que vou comer?

Novamente, isso realmente depende do anfitrião. Alguns anfitriões preparam a comida e convidam você para comer com eles e suas famílias, alguns fornecem as compras e permitem que você cozinhe como preferir. Lembre-se de informar o seu anfitrião de quaisquer alergias ou necessidades alimentares bem antes da sua chegada. Normalmente já consta no perfil do anfitrião sobre os tipos de comida que eles fazem, se são veganos, vegetarianos, entre outros. Nossa experiência foi super bacana pois nós mesmos cozinhamos para toda a casa, a dona até comprou feijão para nós...


Localização da hospedagem:

Fique ligado com as opções de trabalho voluntário em fazenda ou projeto sustentável, muitas opções no site do workaway são em áreas rurais ou afastadas da cidade, sempre verifique o endereço, pontos de ônibus ou estações de trem perto.

Caso fique 1 mês ou menos recomendo que fique em um albergue ou hostel com boa localização para você aproveitar muito a sua viagem e todos os pontos turísticos que você sempre sonhou em viajar!

Claro que se você optar por viajar por mais tempo ou um ano sabático, você poderá ficar meses em um local e viajar em todas as suas folgas, por exemplo aqui na Europa, você pode ficar trabalhando por 3 meses em uma fazenda na França e conhecer quase a Europa inteira de trem.


Por quanto tempo posso me voluntariar no Workaway?

O tempo do seu trabalho voluntário será combinado com o anfitrião, no site tem alguns que exigem no mínimo duas semanas e no máximo 6 meses, e tem alguns que não exigem nada, você pode ficar 4 dias ou 1 ano se quiser.

Sempre confira o seu visto para o país que você vai viajar, para Europa por exemplo você pode ficar 3 meses na área do tratado de schengen e 3 meses fora e assim você pode passar um ano ou mais sem visto na Europa. Neste link eu falo tudo sobre isso e quais os países que estão no Tratado de Schengen.


É seguro usar o Workaway?

A base do Workaway é a confiança, tanto para o viajante que chega a um ambiente totalmente desconhecido como para o anfitrião, que convida um desconhecido para sua casa! Os anfitriões devem ser receptivos e dedicar inicialmente algum tempo aos seus voluntários para fazer com que se sintam em casa e ajudá-los a se situar. Os voluntários devem respeitar o espaço pessoal e a propriedade do anfitrião.

Em outros países podem existir costumes e estilos de vida muito diferentes do seu, use isso como uma oportunidade para ver o mundo de uma outra perspectiva. Este acordo mútuo de confiança geralmente funciona muito bem, uma vez que é de interesse de ambas as partes que a interação entre vocês seja exitosa e recíproca.

Dado que muitos projetos podem estar em locais remotos, a segurança é uma preocupação para alguns, e com razão. É por isso que o site Workaway incentiva os anfitriões e os viajantes a deixar um feedback um para o outro após a experiencia. Sempre pesquise sobre o local e conferir se o anfitrião tem boas recomendações em seu perfil.



O trabalho voluntário pode tirar você da sua zona de conforto: um país diferente, um estilo de vida diferente, novas pessoas e talvez até um idioma diferente. É uma ótima oportunidade para ampliar seus horizontes, viajar com menos custos e conhecer lugares novos e emocionantes.




72 visualizações
RECEBA NOVIDADES POR EMAIL!
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now